Pular navegação

O que diferencia o caso do mensalinho de Brasília do aumento de salário proposto ao Prefeito de São Paulo que dos atuais R$ 12.384,06 passará a R$ 23.194,25 é apenas o ponto de vista.  Em ambos os casos o contribuinte está sendo furtado.  Do ponto de vista legal, se confirmadas as acusações, o Governador de Brasília e os outros quadrilheiros estariam inclusos no código penal brasileiro, enquanto que sendo aceito o aumento do salário do Prefeito Kassab, estariam apenas oficializando um furto ao contribuinte, chamado vulgarmente de peculato, crime com previsão legal que só termina em imputação de pena ao acusado quando o mesmo é do baixo escalão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: