Pular navegação

Sábado 26 de Junho, seis e trinta da manhã, céu de brigadeiro aqui em Guarulhos. Avisto dois balões caindo, devagar, lentamente.  Um desliza na horizontal em rota descendente e afasta-se de meu ângulo de visão.  Outro desce verticalmente em minha direção.  Ouço barulho de motos que se aproximam… Uma, duas, várias, não as vejo então começam as minhas elucubrações… Puxa, a polícia é rápida, um crime foi cometido e olha eles aí devem até ter chamado a polícia ambiental, a perícia, afinal os indícios, impressões e pistas dos criminosos devem aflorar a olhos vistos naquele artefato.  Mas o que vejo me torna um covarde, e me escondo, uma gang motorizada e armada até os dentes chega e recolhe sem pressa, claro, o balão e vão embora sorridentes, mais uma vez impunes, diante da omissão dos funcionários que pagamos para nos servir e proteger.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: