Pular navegação

Estive no Rio de Janeiro há anos atrás e ao passar pelo bairro do Catete, que já abrigou a sede do Governo Federal, fiquei impressionado e até enojado ao me deparar com a quantidade absurda de fezes humanas nas calçadas. Vejo agora matérias sobre o volume de urina despejada pelos foliões nas ruas do Rio de Janeiro.  Não sei se resolveram a questão do bairro do Catete, mas a Prefeitura do Rio até que poderia obrigar as fábricas de cerveja a circular com vários caminhões-banheiros pela cidade nos dias de folia, ao invés de deter os mal educados. Afinal as necessidades fisiológicas neste caso foram provocadas pela ingestão daquela água amarga vendida a peso de ouro nos dias de folia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: