Pular navegação

Monthly Archives: fevereiro 2012

“Foi uma fatalidade’, diz advogado de garoto que dirigia o jet ski.” Ainda de  acordo com o advogado, Maurimar Bosco Chiasso, o adolescente de 14 anos  “por curiosidade”, decidiu ligar o jet ski. “Ao acionar o jet ski ele caiu e o jet ski se projetou, indo embora para praia, pegando a menininha” Segundo o Dr. Maurimar  o garoto está recolhido em uma clínica de repouso em Mogi das Cruzes, onde a família mora, acompanhado de uma psicóloga porque está muito abalado. Enquanto isso a Grazielly repousa para sempre.  E o advogado Maurimar espera que a justiça seja feita e o Jet Sky seja recolhido ao pátio da Polícia Portuária e de preferência desmontado para não sair matando mais ninguém por ai.  Maurimar, me poupa…

Ao Excelentíssimo Senhor Presidente do Supremo Tribunal Federal, César Peluso: De acordo com suas palavras, estampadas em todos os jornais “Só uma nação suicida ingressaria voluntariamente em um processo de degradação do Poder Judiciário”.  É preferível Senhor Presidente, sucumbir como um suicida do que assistir de braços cruzados as infâmias e descalabros que acontecem às escuras nos porões de uma instituição que deveria ser exemplo de inabalável e ilibada conduta.  Eu, Senhor Presidente, sou uma nação suicida.  E se o CNJ for amordaçado, eu não o serei, não há como, pois eu sou a nação, e contra mim suas investidas e palavras não têm efeito algum.  O Poder Judiciário já está em processo avançado de degradação, até mesmo para um néscio fica claro, após suas palavras, que no mínimo o Poder Judiciário precisa de mudanças urgentes em sua conduta.