Pular navegação

Tag Archives: Dilma

Por tolerância o Senado permitiu uma gota de álcool no sangue dos motoristas irresponsáveis que matam inocentes. Por tolerância nesta época milhares de estupradores, traficantes e assaltantes estão nas ruas.  Por tolerância os que roubam o dinheiro da saúde estão livres e nesse fim de ano não cansarão de brindar e desejar saúde aos seus.  Por tolerância os bandidos estão armados com fuzis, pistolas, granadas e metralhadoras.  Por tolerância as drogas invadiram os lares e estão destruindo as famílias. Por tolerância arriscamos nosso voto em desconhecidos por acharmos que ele é a nossa tábua de salvação. Por tolerância nós estamos nos deixando destruir a cada minuto. Por tolerância, perdemos a Flávia da Costa Silva, morta por uma bala perdida, e ela a partir de agora é mais um número, uma estatística, apenas isso. Os frutos de nossa tolerância estão amargos demais, até quando o suportaremos?

Infelizmente no dia 26/10/2010 às 12:17h tive a oportunidade de passar diante do Impostômetro instalado pela Associação Comercial de São Paulo quando ele cravava R$ 1.000.000.000.000,00 (1 Trilhão).  E hoje, ao serem diplomados a Presidente, os Deputados e Senadores com um salário acima de qualquer expectativa, observo que os impostos no Brasil sobem em progressão geométrica em função da corrupção. O aumento dos impostos serve apenas para pagar corruptos e tapar o buraco provocado pelas grandes empresas inadimplentes.  Mais fácil não seria cobrar os bilhões que as empresas devem ao INSS do que arrochar os aposentados?

Rápido, ligeirinho o Kassab (Prefeito de São Paulo) não está mais na oposição e nem na situação, ele não está em cima do muro, é o próprio.  Depois de detonar a Dilma em todas suas falas durante a campanha do Serra, veja só o que ele disse logo após votar no segundo turno… “O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM) afirmou que o candidato do PSDB à Presidência, José Serra, está muito bem preparado para governar o País, mas que a candidata petista, Dilma Rousseff, também está preparada para o cargo.”.  Acho que ele já sabia o resultado da eleição antes mesmo de ser aberta a primeira urna.

Revista Espaço Acadêmico, N.31 – Dezembro de 2003 – Mensal – ISSN 1519-6186 Por Raymundo de Lima Psicanalista, Professor do Departamento de Fundamentos da Educação (UEM) e doutorando na Faculdade de Educação (USP). Alceu Amoroso Lima o “Tristão de Athayde”. O corporativismo de classe e os grupelhos patopolíticos – verdadeiras seitas sem Deus – disseminam a pior forma de fazer política: o boato, o fuxiquismo, o dedurismo, a medieval prática da fogueira inquisitorial da imagem daqueles que preferem ficar fora dos grupelhos. 2003-2010, Sete anos, mas o texto está atualizadíssimo.

Fonte: http://www.espacoacademico.com.br/031/31ray.htm