Pular navegação

Tag Archives: homofobia

A Defensoria Pública de São Paulo ingressou nessa terça-feira, 7, com uma ação civil pública por danos morais contra Levy Fidelix, por causa de suas declarações sobre homossexuais feitas durante debate entre presidenciáveis, em 28 de setembro. “Nitidamente (a fala do candidato) ultrapassou os limites da liberdade de expressão, para incidir em absurdo discurso de ódio. “Este discurso de ódio é incompatível com o respeito à dignidade da pessoa humana, não só da pessoa, individualmente considerada, mas da dignidade de uma coletividade”, complementa o órgão. O famoso quem(?) Mário Retamero, dentro do Congresso Nacional Brasileiro, com o aval do Deputado Jean Wyllys, disse com todas as sílabas que “Está disposto a pegar em armas, se preciso for, se se instalar a Teocracia no Brasil”, e…? e… ? Quem reagiu á isto? Quem saiu em defesa dos que defendem a família? Será que a Defensoria Pública de São Paulo saiu do armário?

Anúncios

Esta verdadeira caça ao Pastor Marcos Feliciano poderia ser estendida a outros setores da sociedade, por exemplo, a política.  Tantos são os desmandos, desvarios, falta de respeito que a maioria dos políticos infringem a população e nenhum destes que agora levantam a chibata contra o pastor só pelo fato dele ser pastor, diga-se a verdade, porque muitos são os que falam dos gays á toda hora e estão por ai sem serem molestados. Porque diante das palavras do Deputado Bolsonaro não há levante de tal monta? Nenhum destes honra a própria dignidade e se insurge contra esta corja que está nos esfolando, trabalhamos e não comemos, trabalhamos e não nos é permitida a diversão, trabalhamos e não nos vestimos, trabalhamos e nosso sangue é usurpado por eles.  Eia brasileiros, tomem para si as verdadeiras rédeas da nação.  Esta força que habita dentro de todos, bem poderia ser usada para o bem geral e não apenas de uma classe de pessoas que por sua diferença quer diferenciar e incriminar os outros.

Com que roupa ir à Parada Gay? A Prefeitura de São Paulo produziu um material com recomendações de discrição a quem vai assistir ou participar da 15.ª Parada do Orgulho LGBT neste domingo na Avenida Paulista.  Claro que para isto foi usado o dinheiro do contribuinte.  Assim como o dinheiro do contribuinte vai financiar o estádio do Corinthians e também o terreno público que foi doado.  Enquanto isso um idoso que precisa de urologista com urgência tem sua consulta marcada para daqui há três meses.  E a população permanece inerte, tendo à frente juízes que só se manifestam quando o assunto é homofobia, maconha e outros de interesse correlatos.

Muitos leitores acham que escrevemos opiniões contrárias a decisão do STJ sobre a união homossexual porque somos homofóbicos.  Mas como cidadão brasileiro vejo que uma enorme brecha foi aberta naquela casa.  A decisão sobre o reconhecimento da união entre duas pessoas de mesmo sexo não está prevista na Constituição, então, que se dane a constituição! E assim foi feito.  Se está escrito e caracterizado na Constituição que a união estável ocorre entre um homem e uma mulher assim constituindo uma família, como podem os Ministros explicar a decisão? Diante disso até mesmo as Cláusulas Pétreas de nossa Constituição estão abaladas.  Aproveito para mandar um recado para a Ministra Ellen Gracie: Até tu?

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC) o Ministério Público Federal e a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil descobriram que o reality Big Brother Brasil exibido pela TV Globo no ano passado foi alvo de 400 denúncias, como homofobia, incitação à violência, apelo sexual, inadequação no horário de exibição e violação da dignidade da pessoa humana. Então o classificaram com sendo de “baixo nível moral e grande desserviço e serve muito à deseducação”. Esta sim é para mim a melhor definição de efeito retardado, depois de 11 anos de exibição, eles chegaram a uma conclusão que eu tirei quando assisti ao programa pela primeira e última vez! Bem, antes tarde do que nunca.  E por favor, acrescente nesta lista também apologia à prostituição.

Longe de mim a vingança, longe de mim o ódio.  Mas às vezes uma revolução interna me permite extravasar com um ímpeto maior e pode parecer algo de ruim que implode em meu peito.  Mas depois de meditar chego a conclusão que não é ódio nem o desejo de vingança, mas apenas revolta.  Apenas dois dias antes do Natal os “jovens” que agrediram várias pessoas na Av. Paulista estão soltos.  Lembro da mãe de um deles falando que tudo não passou de uma desavença, uma mãe lutadora, abastada, que saiu vitoriosa até mesmo diante da justiça dos homens.  E mesmo com todas as provas contra eles, mais uma vez a justiça se dobra perante a fortuna. Estariam soltos se fossem negros, pobres ou moradores de rua?

Enquanto a população é massacrada diante dos olhos impassíveis do Governo, pedófilos a torto e à direita catam nossas crianças e destroem seu futuro, mulheres mortas e agredidas às centenas diariamente, milhares de presos que já cumpriram suas penas abarrotando as cadeias fétidas deste País e outras mazelas mais, a deputada Maria do Rosário (PT/RS) futura ministra dos Direitos Humanos nem assumiu e já mostrou a que veio. Disse que irá defender a adoção de crianças por parte de casais homossexuais, quer que as leis que criminalizam a homofobia sejam aprovadas sem passar pelo Congresso e quer a concessão de aposentadoria e benefícios previdenciários a prostitutas.  É por essas e outras que a Instituição Direitos Humanos no Brasil não tem a mínima moral perante a população.  Queria saber o que mais cabe debaixo do sovaco dela.

Fiquei decepcionado ao ouvir a crônica diária do jornalista Ricardo Boechat hoje pela manhã quando o tema era a decisão favorável de um juiz sobre a adoção de uma criança por duas lésbicas.  Entendi que o Boechat apóia a decisão e lamenta o fato de que a decisão final junto ao STF arraste-se por anos, afastando a criança da possibilidade de conviver em uma Estrutura familiar.  Ops!, Estrutura familiar? Desfez-se em mim toda a admiração que cultuei anos após anos por este grande jornalista, que acreditava ser um ícone de inteligência em sua classe. Família = ascendência = genealogia = linhagem.  A primeira Estrutura Familiar foi criada por Deus e sendo o Boechat ateu, talvez por isso lhe falte a sabedoria para compreender que só um Homem e uma Mulher podem oferecer uma Estrutura Familiar.