Pular navegação

Tag Archives: Itaquerão

O Previ – fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, o maior do País – vai gastar R$ 14 milhões para construir a Arena Sauipe, onde acontecerá o sorteio dos grupos da Copa do Mundo de 2014. BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) diz que emprestou R$ 10,4 bilhões ao grupo EBX do empresário Eike Batista. O BNDES aprovou o empréstimo de R$ 400 milhões para o Corinthians finalizar a obra da Arena Corinthians. O dinheiro vai para a Caixa Econômica Federal, principal patrocinadora do clube.  E nós estamos brigando, morrendo, passando vergonha e parando o País por causa de R$ 0,20…

Anúncios

O Corinthians oficializou nesta segunda-feira a Caixa Econômica Federal como nova patrocinadora master. Veja isto com muita preocupação. Todos os negócios que envolvem este time têm contribuído para que ele seja colocado em evidência. Lembro-me do complô formado para tirar do Morumbi a provável abertura da copa e os imensos esforços que alguns influentes fizeram para construir um estádio para este time, cuja soma de gastos beira 1 bilhão de reais.   Lembro que após o Ricardo Teixeira ter colocado o ex-presidente do time como diretor de seleções, este time alcançou a copa libertadores, claro que foi apenas uma coincidência. Espero estar completamente errado, mas para mim tem algo de podre no reino da Dinamarca.

A Arena Corinthians começa a receber as primeiras parcelas de investimento público em suas obras. A prefeitura de São Paulo (Prefeito Gilberto Kassab) vai liberar cerca de R$ 160 milhões em incentivos fiscais, que podem ser usados para pagar impostos ou negociados pela Construtora com outras empresas. O estádio tem sua obra avaliada em R$ 820 milhões. A parcela monta a 38% dos R$ 420 milhões que a prefeitura vai bancar para a construção da arena particular do Corinthians. Além dos incentivos, a obra ainda deve receber empréstimo de cerca de R$ 400 milhões do BNDES.

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou nesta quarta-feira em primeira votação, o Projeto de Lei 288/2011, do Executivo (leia-se Kassab), que autoriza a Prefeitura conceder até R$ 420 milhões de incentivos fiscais para a construção do futuro estádio do Corinthians em Itaquera. Tradução: Falta de personalidade política, vulgaridade, pouca vergonha, furto, peculato, desrespeito ao cidadão, mão-grande, safadeza, improbidade e principalmente certeza de impunidade.

“Se não der certo com o Corinthians, a abertura não será em São Paulo”, disse hoje o Prefeito de São Paulo, Kassab.  Eu não sei a quem ele quer enganar.  Tendo uma zaga composta pelo Lula, corinthiano roxo, pelo Ricardo Teixeira presidente da CBF, o André Sanches presidente do Corinthians, que foi também (olha só) presidente da comitiva da Seleção Brasileira na copa de 2010, e agora ele próprio, o moçoilo Kassab, a possibilidade de se perder esta pendenga é praticamente nula.