Pular navegação

Tag Archives: josé serra

São Paulo tem recorde de eleitores sem candidato, o índice é o maior da história para o período. Fato: Três eram os candidatos no primeiro turno, um inoperante, um incompetente e um inexperiente.  Um deles, o inexperiente ficou fora. O Governo do Estado diz que a facção criminosa é lenda.  A polícia civil, a militar e a guarda civil está morrendo aos poucos, seja por tiro ou pelo salário miserável. O paulista e paulistano querem uma solução, e pelo jeito neste século nada vai acontecer. Ainda bem que com o Telhada e o Conte podemos contar (desculpe-me pelo trocadilho). Mas, espere, há uma luz no fim do túnel, em Brasília descobriram que a violência está aumentando e a força nacional de segurança ficará por lá durante noventa dias. Em Brasília? Sim, lá em Brasília, afinal de contas, lá é Brasília e o resto é Brasil. Enquanto lá a cidade está urbanizada, no resto do Brasil está urbandidada.

Lição de casa para o próximo Prefeito de São Paulo, a cidade está pronta, falta o acabamento, vejamos: 1) Acabar com as favelas embaixo dos viadutos. 2) Acabar com as panes elétricas nos trens da CPTM. 3) Acabar com os assaltos onde sempre tem 2 na moto, onde um dirige e o outro atira. 4) Acabar com arrastão em condomínios. 5) Acabar com as enchentes. 6) Acabar com os super-congestionamentos. 7) Acabar com as saidinhas de banco.  8) Acabar com as saídas temporárias de sequestradores, pedófilos e estupradores. 9) Acabar com o sequestro relâmpago. 10) Acabar com o péssimo serviço de transporte público e saúde.  Fazendo direitinho esta lição de casa e obtendo pelo menos a nota 7, garantirá a reeleição.

Antes das Eleições: “O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM) afirmou que o candidato do PSDB à Presidência, José Serra, está muito bem preparado para governar o País, mas que a candidata petista, Dilma Rousseff, também está preparada para o cargo.”.  Depois das Eleições: “Kassab pode se aliar ao PT por sucessão em São Paulo”.  Consistente e inabalável como gelatina e prego na areia…

O candidato do PSDB à presidência da República, José Serra, afirmou nesta segunda-feira (25) que o programa de governo lançado por sua adversária Dilma Rousseff (PT) é uma “jogada eleitoral”. “Sem dúvida nenhuma, é um instrumento de promoção eleitoral”, disse.  Agora vejamos: Dez por cento de aumento para todos os aposentados, décimo terceiro sobre o Bolsa Família e salário mínimo de R$ 600,00. O que significa isto? Que ele acredita que todos somos tolos a ponto de acreditar numa tamanha baboseira.  Se eu fosse o Serra aproveitaria estes últimos dias para ficar calado, pois a cada fala dele a Dilma sobe nas pesquisas.

No “santinho” de sua campanha ao 2º turno está escrito: “Jesus é a Verdade e a Justiça”. Não sabe você, nem a Dilma, nem todos os que estão utilizando o Nome de Jesus nesta campanha pelo poder, sim, pelo poder, o quanto estão errados. No livro de Êxodos 20:7 está escrito “Não tomarás o nome do Senhor, teu Deus, em vão: porque o Senhor não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão.”.  Porque vocês que não creem no Deus vivo querem “usá-lo” para chegar ao poder? Porque não fazem uso da imagem de sua santa? Ou Deusa Santa como fala a Dilma?.

Na reta final do 1º turno das eleições houve enxurradas de e-mails afirmando que a Dilma havia dito que nem Jesus Cristo a tiraria da Presidência, não apareceu em nenhum Jornal confirmação de tal fato, pois tudo não passou de uma calúnia.  Agora o Serra declarou a imprensa brasileira em alto e bom tom que é a favor da união homossexual, assunto tão complicado como o aborto e religião.  Vamos então acompanhar a reação dos eleitores e defensores do Serra que são abertamente contra a união homossexual.

10% de aumento para todos os aposentados, salário mínimo de R$ 600,00 e 13º salário sobre o Bolsa Família.  Promessas, sonhos, devaneios de uma candidatura que já nasceu morta.

O 16º Tabelião de Notas de São Paulo afirmou “o reconhecimento de firma é falso” na procuração supostamente assinada pela filha do candidato a Presidente José Serra.  Esta declaração é apenas para confirmar o que todos sabemos, reconhecimento de firma serve apenas para enriquecer dono de cartório, apenas isso.  E mesmo um escândalo desse vindo à tona, nada, absolutamente nada vai ser feito para impedir esta roubalheira.  Isto significa que não só os donos de cartórios são beneficiados, a corja é grande.

Ano 1989: O Projeto de Lei nº 3.638/1989, apresentado pelo deputado Hilário Braun (PMDB/RS), cuidou de definir o que é presunto: “Art. 1º. Denomina-se presunto exclusivamente o produto obtido com o pernil do suíno ou com a coxa e sobrecoxa do peru. Parágrafo único. O produto obtido com a matéria-prima do peru terá o nome de presunto de peru.” 20 anos depois… Foi sancionada no último dia 23/06/2009 uma nova lei que proíbe a venda de banana por unidade e obriga à cobrança pelo peso.  O governador de São Paulo, José Serra, afirmou que considera mais justo que se compre banana por quilo do que por dúzia.  E pensar que eu passo mais de 14 horas por dia trabalhando e ainda ajudo a pagar o salário deles…