Pular navegação

Tag Archives: metrô

Para evitar as constantes discussões, atritos e constrangimentos.  Sugiro que as placas e adesivos que indicam assentos reservados para pessoas em situações especiais nos ônibus, trens e metrôs, sejam modificadas e passem a ter a seguinte inscrição “Assento reservado para pessoas necessitadas”.  Entendam, há muitos jovens em situação difícil, eles vem da balada muito cansados, ou estão estressados por causa do orkut e msn, ou passaram a noite cheirando e bebendo, por isso eles sentam nos bancos reservados e dormem, dormem, dormem, mas em realidade eles estão é semimortos e necessitam de um local para quem sabe um dia talvez reanimar ou reviver.

Uma mistura de fubá e urucum, apenas isso.  Esta especiaria conhecida como colorífico ou simplesmente colorau, utilizada praticamente em todas as regiões de nosso País pode ser também chamada de ouro vermelho.  Vinte gramos desta especiaria está sendo vendido em um mercado aqui em São Paulo por R$ 1,20 (R$ 60,00 o quilo) isto significa comparativamente que seu preço por quilo equivale em média a: 240 pães de 100gr ou 30 potes de margarina de 250gr ou 33 litros de leite longa vida ou ainda 8 quilos de café.  O quilo deste ouro vermelho equivale ainda a 22 passagens de ônibus ou metrô ou a 4 entradas de cinema.

Vão com Deus. Esta foi a expressão utilizada pelo leitor do Estadão, Fernando Alves, dando um recado a todos os 57% de imigrantes da Cidade de São Paulo. E o meu recado para ele é o seguinte.  Quem conserta teu carro ou dirige o ônibus que você anda ou o metrô que você utiliza? Quem faz o pãozinho que você come? Quem pôs tijolo sobre tijolo de tua residência? Quem a pintou? Quem corta teus cabelos e tua barba? Quem serve tua cerveja no boteco? Quem varre tua rua? Quem te entrega correspondência? Quem te aplica injeção ou dá teu remedinho? Quem troca tuas fraldas geriátricas? Quem te ajuda a atravessar a rua? Quem te recebe na fila dos caixas especiais? Quem te entrega os jornais? Quem te atende na farmácia Quem? Quem? A chance de ser um imigrante é de 57% e a chance deste imigrante ser nordestino (alvo de tuas palavras) é de 100%. Duvido que nas veias de teus familiares não corra o sangue destes bravos.

Reforço no policiamento militar e civil, reforço no metrô, três hospitais de campanha com 140 leitos, mobilização da Companhia de Engenharia de Tráfego, Alerta para o corpo de Bombeiros e Hospitais, 25.000 Guias-Gay (impressos com meu dinheiro). Tudo isso ocorre em São Paulo no dia 14/Jun para dar apoio a “Parada do Orgulho de ser gay”.  Não sou homofóbico, apenas não concordo que o Prefeito da maior e mais importante capital do País, use meu dinheiro para satisfazer seus desejos pessoais.  Outros eventos são proibidos, mas a “Caminhada das Lésbicas” e “Parada do Orgulho de ser gay”, recebem de nosso Prefeito todo “rrrrrrrrapoio”.  É, como se diz, legislar em causa própria.  Tá errado!