Pular navegação

Tag Archives: Ministério da Educação e Cultura

O Ministério da Educação gastou R$ 14 milhões para distribuir material didático com erros de matemática a 37 mil escolas de educação no campo no ano passado. Nele se aprende, por exemplo, que 10-7=4 e que 16-8=6. Até quando? Errar é humano, mas permanecer no erro é burrice. Pergunto-me se a permanência do Haddad à frente do Ministério da Educação é apenas para ele adquirir experiência, pois pelos acontecimentos absurdos que já se tornaram corriqueiros em sua pasta ele deve ter amigo com “costas quentes” no Planalto. Para qualquer empresário da área privada ele já mostrou que não tem competência para exercer o cargo e já teria “rodado” há muito tempo.

A obra (se é que podemos assim chamá-la) ‘Por uma vida melhor’, da coleção ‘Viver, aprender’ de autoria da professora Heloísa Ramos distribuída nas Escolas cita como válidas as frases: “nós pega o peixe” e “os menino pega o peixe”. O MEC disse que “o reconhecimento da variação linguística é condição necessária para que os professores compreendam seu papel de formar cidadãos capazes de usar a língua com flexibilidade, de acordo com as exigências da vida e da sociedade”.  Entendam agora, porque a educação no Brasil está um lixo e a tendência é piorar. Variação linguística é dialeto ou “variação diatópica”, “variedade geolinguística” ou “variedade dialetal” e não erros estapafúrdios de Português, assim pelo menos eu aprendi.