Pular navegação

Tag Archives: São Paulo

Rio de janeiro: Depois da morte cerebral da menina Adrielly dos Santos, de 10 anos, confirmada na noite de domingo (30), o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), assina nesta terça-feira (1) decreto que prevê ponto biométrico para controle de freqüência dos médicos na rede municipal. São Paulo: Caroline Silva Lee, 15 anos, assassinada com um tiro no pescoço. O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), destacou a rapidez na prisão dos criminosos. “Os três tinham passagem na polícia e foram presos em 10 minutos”.  Fato: Os bandidos agem prontamente e os políticos tardiamente.

Uma onda desenfreada de latrocínios, homicídios, arrastões, furtos, roubos, invasão de residências, tráfico de drogas e violência contra a mulher vem ocorrendo na terceira maior metrópole do mundo e maior capital de nosso país.  Agora a bandidagem partiu para cima da polícia e como de costume, os órgãos responsáveis pela segurança devem abrir mais uma delegacia especializada, agora para investigar crimes contra a polícia, se é que já não existe uma. O que observo de tudo isso: A polícia se especializou em manter a ordem entre os cidadãos de bem que protestam e lutam por seus direitos (veja caso da Unifesp Guarulhos), ou nos embates contra os ambulantes da 25 de março, o governo desarmou a população, mas não os bandidos, e não há polícia para proteger nem mesmo a polícia, falar em crime organizado é quase crime, mas a verdade é que a organização deles está muito além do que o nosso governador possa imaginar…

Barack Obama em São Paulo? Nem pensar. Imagina se resolvem levá-lo até a Praça da Sé, onde tem uma base comunitária da PM e outra da Guarda Civil Municipal e ali mesmo, juntinho, atua à luz do dia os donos do alheio, golpistas, assaltantes, receptadores, vendedores de RG, CPF, Atestados Médicos, Carteiras de Habilitação, Diplomas Universitários.  E olha lá se não estiver à venda Diploma de Presidente, porque aqui no Brasil o Diploma de Presidente tem vários itens de segurança contra falsificação… Mas na Sé tudo é possível.

Meu amigo pernambucano Paulo Caldas, você que vem a São Paulo quase toda semana presta atenção nessa: Em São Paulo, na cidade de Ourinhos uma professora foi algemada e presa porque a polícia Rodoviária confundiu um tablete de rapadura com crack.  E o pior vem agora: O delegado seccional de Ourinhos, Amarildo Aparecido Leal, disse que os policiais usaram o procedimento padrão diante da situação. Mudem o refrão… Rapadura é doce, mas não é crack não.

O Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) adquiriu um supercomputador capaz de realizar 258 trilhões de cálculos por segundo, o Supercomputador Tupã está entre os mais poderosos supercomputadores do mundo para previsão de tempo e estudos de mudanças climáticas.  O custo da aquisição foi de cinqüenta milhões de reais. Enquanto isso… Prefeito do Rio de Janeiro Sérgio Cabral contratou os serviços da Fundação Cacique Cobra Coral, a mesma que há anos protege o Rio dos maus humores do tempo e se diz responsável, entre outros feitos, pela lua cheia depois de um dia de chuva, no último réveillon de Copacabana. Um emissário do prefeito Gilberto Kassab, de São Paulo, procurou a Fundação Cacique Cobra Coral – conhecida por usar médiuns para controlar o tempo – a fim de retomar convênio desfeito em setembro.

Rápido, ligeirinho o Kassab (Prefeito de São Paulo) não está mais na oposição e nem na situação, ele não está em cima do muro, é o próprio.  Depois de detonar a Dilma em todas suas falas durante a campanha do Serra, veja só o que ele disse logo após votar no segundo turno… “O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM) afirmou que o candidato do PSDB à Presidência, José Serra, está muito bem preparado para governar o País, mas que a candidata petista, Dilma Rousseff, também está preparada para o cargo.”.  Acho que ele já sabia o resultado da eleição antes mesmo de ser aberta a primeira urna.

Ricardo Teixeira queima o Morumbi como sede de abertura da Copa 2014. O André Sanches foi diretor da delegação da Seleção Brasileira de 2010.  O Fluminense não libera o Muricy que foi “convidado” em cima da hora.  O Mano Menezes do Corinthians (subordinado do André Sanches que era subordinado do Ricardo Teixeira) é convocado como técnico da Seleção Brasileira.  O Estado de São Paulo ainda não tem estádio para abertura da Copa de 2014.  O Corinthians não tem estádio.  O Piritubão não reúne condições. Seja qual for a ordem que você coloque estas frases, uma coisa é certa:  Está cheirando mal prá caramba.

Se colar… Colou! A maior carga tributária, o maior valor cobrado de pedágio nas estradas, a maior tarifa de telefonia móvel.  O pior sistema de saúde, de educação e de segurança.   É a famosa política do se colar… Colou.  Certo que o Brasil tem um povo ordeiro, mas os governantes acham que é um povo cordeiro.  Um pedágio de R$ 18,50 só porque é caminho para a praia para milhares de paulistanos é a prova de que o lobo não é bobo.  Mas um dia o chafardel vai ter que balir.  Antes tarde do que nunca.

Retirar os motoboys da Avenida 23 de Maio e da Via Expressa da Marginal apenas vai transferir o inferno para outras bandas, pior ainda, as ruas estreitas por onde eles vão buzinar e voar são passarelas para muitos pedestres.  Para resolver de uma vez a mortandade de motoboys e apaziguar o trânsito, basta vender a partir de agora motos sem buzina.  É bem por ai. Pois os motoboys acreditam piamente que a buzina os torna semi-deuses e com elas acionadas eles podem tudo.

Em algumas ocasiões de nossas vidas deparamos com problemas onde as soluções apresentadas são derrubadas em questões de minutos por uma situação adversa, como foi o caso do rebaixamento da calha do Rio Tietê e dos piscinões.  Ficou provado neste quase cinqüenta dias de chuvas sobre a cidade São Paulo que a solução foi literalmente por água abaixo.  A única e definitiva solução para este problema seria transformar o leito do rio Tietê na parte que abrange a região que corta a cidade em uma imensa “tábua de pirulito”, perfurando-se a cada duzentos metros cacimbões de vinte metros de diâmetro por vinte de profundidade.